quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

É difícil sorrir quando vontade não se tem.
É difícil não chorar quanto tal não conseguimos controlar.
É fácil dizer que está tudo bem, quando não é o que sentimos.
É difícil vivermos numa incerteza constante em ralação ao outro.
É difícil encarar dias solarengos com um sorriso nos lábios quando não apetece.
Eu encaro e sorrio.
É fácil ceder à tristeza.
Eu não cedo.

3 comentários:

Carolina disse...

Admiro a tua força, Leonor Correia!

E gosto bué de ti oh sua caralha! xD

*passou-bem pausado*

Leonor disse...

Epá! Eu também gosto bué de ti, mas não te chamo caralha porque depois ainda pensam que eu sou uma ordinarona que para aqui anda! Né seu caralhinho seco?

Carolina disse...

LOOOOL que fique bem claro que a Leonor Correia não é ordinarona! :P