quinta-feira, 16 de abril de 2009

Vida de trabalho é dura. Especialmente se for trabalho dentro de uma cozinha de hotel. Horários que em nada têm a ver com o comum "das 9 às 5h". Como eu e como tantos outros, entramos às 9h saímos às 15h, voltamos a entrar às 19 para sair às 22:15h.
Agora imaginem, que durante aquelas horas mortas em que não trabalhamos, não podemos ir a casa, porque, muitos de nós vivem em "casco de rolha mais velho". Imaginem também, o que é passar o dia inteiro (quando eu digo inteiro, é 85% do dia) em pé, de um lado para o outro. Desculpem lá, mas é fodido.
Atenção! Não estou de maneira nenhuma a queixar-me. Aliás, todo este paleio todo, para dizer mais uma vez que estou a adorar e que nunca me senti tão bem em lado nenhum do que naquele hotel. A cada dia que passa penso que é mesmo nisto que quero trabalhar, é nisto que quero viver e fazer vida.
Sinto-me realmente feliz.

6 comentários:

B' disse...

Quem corre por gosto...

Leonor disse...

Ai bolas... eu canso-me... aliás fico estafada! Mas sim... entendo XD

Dantins disse...

Não há nda mais gratificante do que trabalharmos naquilo que gostamos :)

Ana disse...

exactamente :) concordo com as restantes opiniões!

Lilás disse...

preciso de falar contigo..

Tenho umas duvidas para tirar contigo...

Leonor disse...

Lilás, eu não sou uma enciclopédia, mas pergunta que eu meto no google e o gajo que procure :P