quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

É no minímo, feio.


Receber comentários e olhares discriminadores já todos os homossexuais estão habituados e muitos de nós nem ligamos a isso. Mas hoje, foi de mais. Na Ilha Mágica, perto do Lido existe pelo menos um senhor que é intolerante com a homossexualidade e que teve o desplante de ameaçar chamar a polícia, coisa que a mim, meu deu vontade de rir. O sujeito afirmou que estávamos a fazer "poucas vergonhas e que estavam crianças por perto". Ora bem eu coloco uma questão ao povo blogguista e a todo aquele que se passeia por cá. - Não vivemos num país livre onde todo o tipo de preconceito é considerado crime?
Continuando.
O senhor teve o desplante de me chamar a mim e à minha namorada, ordinárias e mais não sei o quê. Só não teve foi coragem de nos chamar esse atencioso nome na cara. E eu devo dizer, perdi o controle. Ia-me atirando à tromba do gajo. Ainda bem que não o fiz porque aí perderia toda a razão que tinha.

7 comentários:

Carolina disse...

Gente estúpida e ignorante é outra coisa, compincha!

E devias ter sido tu a chamar a polícia pa lhe explicarem ao "senhor" q discirminação é crime!

Leonor disse...

Carolina, depois ainda tinha o meu pai à perna e ainda ia eu para a esquadra prestar declarações e blá blá blá.

Carolina disse...

Não era preciso ires pá esquadra! Bastava que lhe explicassem as coisas. É velho, mas tem ouvidos na mesma xD

Kate disse...

--' o homem nem com um simples pedido para baixar o tom de voz percebeu... quanto mais a explicarem-lhe que é crime discriminar...

Leonor disse...

Uns belos de uns tabefes/socos faziam-lhe bem.

mário lourenço disse...

Ah, pobre homem de mente fechada. E o coitado (digo coitado porque sinto pena de pessoas ignorantes) não percebia que quem estavam certas eram voces. É lamentável que ainda haja gente assim.

Patty disse...

É lamentável e eu até acho que deve se dar um desconto ás pessoas mais velhas mas não há desculpas para a agressividade.