sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Peter Pan



Hoje ao passar numa escola primária e ao ver as crianças mascaradas a brincar no recreio ,fez com que me sentisse nostálgica.
Muitas vezes, tenho saudades de ser criança. De me sentir protegida pela bolha que os meus pais criaram assim que nasci. Não ter de me preocupar com nada, nem com ninguém. De poder dizer tudo o que me apetece e fazer o que me apetece sem que me descriminem por isso, apenas porque a minha idade já não me permite ser infantil. Debaixo da alçada dos nossos pais, enquanto crianças, sentimos sempre que nada nos pode tocar, atingir, afectar. Tudo é feito para que não nos preocupemos com nada, que sejamos felizes na nossa inocência.
O problema, é que não sabemos dar o devido valor a essa protecção, especialmente quando se entra para a escola. Deixamos de querer que o pai ou a mãe nos levem à porta da escola e mesmo até, que tenham gestos de carinho para connosco porque já somos crescidos e é ridículo exibir à porta da escola esse tipo de manifestações. Queremos à viva força ser adultos e emanciparmo-nos dos papás, contudo, não percebemos que quanto mais nos afastamos mais vamos descobrindo o mundo fora da bolha e mais ardentemente desejamos voltar para trás e ser crianças de novo. Mas não podemos, a idade já não permite.

2 comentários:

lothlorien disse...

Ai não que não podemos! Eu tenho 25 e ainda sou uma criancinha :P

mário lourenço disse...

Também sinto saudade da época em que podia dizer o que pensava sem maiores problemas e era mais livre.

Hoje tudo é diferente... parece que o auge das nossas vidas já passou e de agora em diante só nos resta o declínio.

gosto de saber que ainda há alguém que pensa como eu.