quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Cansada.

Ando psicologicamente cansada e isso é pior que fisicamente. Esta fatiga psicológica faz-me agressiva, exemplos:
- Apetecer-me dar biqueiradas na televisão quando se está a debater um assunto que nem devia ser debatido, casamento entre pessoas do mesmo sexo. Odeio burrice e estupidez.
- Grito com a minha mãe porque ela tem atitudes de gente burra.

Para ficar feliz:
- Vejo apenas anatomia de Grey porque me dá felicidade e momentos hilariantes.
- Estou com a minha miúda a brincar às namoradas da vida real, o que é booooooom.

Agora... Vou enfiar-me na banheira para ver se relaxo porque estou extremamente enervada porque a minha mãe acaba de dizer a coisa mais estúpida que alguém pode dizer sem ser acusado de estar senil. Eu sei que vão dizer que é impressão minha e que isto e aquilo, mas não interessa. Estou farta dela e do meu pai, que me metem às costas sonhos deles que eu tenho de cumprir, objectivos que não posso falhar e eles não percebem que me estou a afundar de dia para dia e que os únicos momentos felizes que eu tenho, é quando estou fora de casa sem eles.

E acabou aqui o meu momentinho deprimente.

2 comentários:

Kate disse...

Isso são saudades minhas, aquela necessidade de aturar com uma pessoa chata como eu, e que também faz muita parvoíce para te rires.

lothlorien disse...

Deixa lá. Se te quiseres rir um bocado, pensa que eu caí ontem numas escadas rolantes e teve de lá ir o INEM e no fim nem foi preciso levar pontos...